Você Sabia?

Seu joelho livre de lesões com dicas simples!

joelho
Foto: Freepik

Não é novidade. O joelho é com certeza a articulação que mais sofre com lesões. Se a atividade em questão for a corrida, então, com certeza você ou alguém que conhece já sofreu com algum problema (grave ou não) nessa região. Mas quais são as lesões no joelho mais comuns e há uma forma de evitá-lás ou tratá-las sem ter que aposentar os tênis?

Bom, pra começar, entre as lesões mais comuns estão a síndrome femoro-patelar, que gera dor na parte anterior do joelho, e a síndrome da banda iliotibial, que causa um incômodo lateral.

A prevenção desse tipo de lesão começa com atitudes relativamente simples, que podem ser realizadas com pouco auxílio ou equipamentos especiais.

Um estudo científico recente mostrou que atitudes simples ajudavam mais na prevenção de dores no joelho do que exercícios de fortalecimento específicos. Ações como simplesmente colocar gelo nos primeiros sinais de dor e procurar um profissional especializado no caso de dores e desconforto por mais de 1 hora após o treino e se estas forem intensas. Descanso também é sempre bem vindo se sentir que seu joelho precisa disso.

Outras dicas simples são:

  • Fortalecimento de glúteo médio e quadríceps

Embora sozinho ele não faça milagres, o fortalecimento muscular é importante sim, sendo os músculos glúteo médio e quadríceps os de maior destaque para o joelho. O quadríceps pode ser treinado na cadeira extensora e no agachamento, por exemplo. Já o glúteo médio, na cadeira abdutora e em exercícios com elásticos que envolvam abertura da perna. Consulte um treinador e caso não seja fã de academia, saiba que quase todos esses movimentos podem ser feitos em casa sem necessariamente ter aparelhos especiais. Então, sem desculpas!

  • Aumente a cadência da corrida

Cadência é o número de passos por minutos (clique aqui para entender mais sobre cadência). Mantê-la alta faz o joelho se mover melhor durante a corrida e sofrer menos sobrecarga a cada passada. Não há um número ideal. O objetivo é trocar o passo rapidamente dentro de seu limite de conforto.

Não abuse do seu joelho e lembre-se que é sempre muito mais fácil, prático e mais barato prevenir do que remediar. Busque ajuda de profissionais e saiba mais como evitar esse mal que pode acabar te tirando de vez das pistas!

Fonte: Eu Atleta

Curtiu? Então leia aqui também sobre a Osteoartrite, doença que mais ataca os joelhos.


Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade