Você Sabia?

Com que frequência se deve mudar o treino?

treinos
Foto: Freepik

Com o ano de 2019 ainda em seu começo, bate aquela dúvida sobre mudar ou não o treino, não é mesmo? Agora que se passaram todas as festividades de final de ano, férias entre outras coisas mais, é chegada a hora de voltar a rotina. Vamos explicar sobre a frequência com que você deve mudar seus treinos, entre outras coisas mais. Acompanhe!

Leve sempre em consideração a importância de elaborar treinos que realmente gerem resultados e busque orientação caso tenha dúvida de como mudar o treino com foco nos seus objetivos deste ano.

Vários especialistas ressaltam a importância de não deixar o corpo se acostumar com um único tipo de treinamento para beneficio do atleta, e por essa razão é realmente interessante modificar a planilha de treinamento para um maior rendimento.

Se você variar os treinos de corrida, será completamente beneficiado melhorando em grande escala todo o seu desempenho, a aptidão física, sua resistência, seu condicionamento, sua técnica, a força e a resistência muscular. E assim, já volta a rotina com muito mais pique!

Além de todos os benefícios mais óbvios, mudando seus treinos, você ainda consegue prevenir lesões e efeitos nocivos de algum tipo de treinamento mais puxado.

E isso não serve apenas para corredores mais profissionais, os corredores principiantes também tiram um super proveito com essa troca constante de treinos.

Outros benefícios da mudança de treino.

O nosso corpo precisa de estímulos diversificados para melhorar seu desempenho e também é de grande valia passar pelos treinos regenerativos que não causem grande estresse aos músculos mais utilizados na corrida.

Ao alternar os treinos o ideal é aumentar o nível de dificuldades, pois, submeter o corpo a corridas mais longas periodicamente, por exemplo, ajuda muito no que diz respeito a criar uma maior resistência e aprimoramento do ritmo.

E de quanto em quanto tempo se deve mudar o tipo de treino, afinal? Essa é uma pergunta bem comum e a resposta é bem simples: quanto mais modificar, melhor e se o você corre todos os dias, pode fazer um treino diferente a cada dia, ou a cada semana. Tudo depende do seu objetivo.

Uma boa dica, seja para os mais experientes, seja para amadores, é sempre definir seus objetivos antes de qualquer coisa, porque isso é que vai ditar as regras na hora de escolher, junto com seu treinador, o que melhor se adequa a aquilo que você busca na corrida!

Curtiu? Então também leia aqui sobre o que é rodagem e treino regenarativo!

Sobre o Autor

Equipe Brasil Run

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade