Você Sabia?

Areia é um ótimo terreno para correr mas é preciso cuidados!

Areia
Areia

Muita gente tem a sorte de morar no litoral e acaba podem escolher quando quer correr no asfalto ou na areia. Mas as irregularidades do solo de uma praia podem trazer lesões sérias e é muito importante saber como tirar o melhor desse terreno (aproveitando a paisagem e o ar puro) sem se prejudicar.

Os pontos positivos do treinamento na areia também são muitos, a começar com a estimulação dos proprioceptores (mecanismos sensoriais que existem em nossos músculos que respondem a sinais de contração ou estiramento agudos) que ajudam na prevenção de lesões. A areia também é um terreno com menos impacto sobre as articulações, por isso é uma ótima forma de elevar o volume semanal de treinos e poupar articulações e ossos. Mas, por outro lado, há uma exigência muscular grande, já que se faz muita força no movimento de tirar o pé da areia.

Sabe-se que as dificuldades do terreno dão ao corredor um bom condicionamento físico, mas não se deve esquecer dos cuidados que devem ser tomados. Especialistas reforçam que o treino na areia é de fato benéfico para o atleta que busca melhor forma física, desde que feito com orientação e corretamente.

Na areia você trabalha muito mais a musculatura em termos de equilíbrio e propriocepção, que é um mecanismo involuntário de adaptação a situações de estresse. O esforço na areia vai ser maior e é por isso que quem treina num terreno desses vai ter maior preparo físico e maior resistência, mas sempre sujeito a lesões, principalmente as ligamentares no tornozelo.

AREIA FOFA OU DURA?

Médicos ortopedistas e preparadores físicos explicam que a areia mais dura, que é menos irregular que a fofa, pode ser menos perigosa para o tornozelo. Mas os estabilizadores de tornozelo podem ser bem úteis para esse treino, já que dificultam muito o movimento involuntário de torcer o pé para dentro e para fora.

Correr na areia dura é muito parecido com correr no asfalto, mas há o agravante de que a maioria dos lugares onde há areia dura, é muito inclinado, prejudicando e muito a coluna vertebral do atleta. Na areia fofa, porém, há menor impactação articular e maior desequilíbrio. Esta instabilidade do terreno, para quem não é forte o suficiente (ausência dos treinos na musculação), pode desencadear problemas crônicos como lombalgias.

Caso seja um abençoado que mora na praia, converse com seu treinador e veja a melhor maneira de aumentar sua resistência com treinos na areia da maneira correta e no mais, aproveite o cenário!

Fonte: Eu Atleta

Curtiu? Então veja aqui também dicas super bacanas de como fazer o seu longão da maneira correta!

Sobre o Autor

Equipe Brasil Run

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar o post

Newsletter

Publicidade