Chama o Doutor Você Sabia?

Melatonina. O hormônio do sono que você precisa conhecer

A melatonina é um hormônio produzido naturalmente pelo organismo e uma de suas funções básicas é a indução ao sono. Ela está relacionada com a regulação do metabolismo ao longo do dia, o que inclui os períodos em que a pessoa está dormindo ou acordada. Esse hormônio inibe os neurônios de vigília no hipotálamo, induzindo o sono. Acontece que, mesmo com a produção do hormônio a todo vapor, muita gente ainda tem dificuldade para dormir.

E apenas para lembrar, porquê dormir bem é tão importante: quando se dorme por poucas horas e tem um sono agitado, sua vontade de comer carboidratos aumenta. E, como todos sabem, se consumido de forma errada ou exagerada, esse nutriente favorece o ganho de peso, incluindo o acréscimo de muita gordura.

A boa notícia é que já dá para apostar em doses extras de melatonina com pílulas, gotas ou balas – só é preciso ficar atento para não exagerar. Apesar de não causar dependência, altas doses da substância podem levar à sonolência durante o dia, dor de cabeça, náusea e hipotermia. Os efeitos colaterais menos comuns, mas ainda assim possíveis, incluem cãibras, irritabilidade, alterações cognitivas e redução da pressão arterial.

A quantidade recomendada de suplementação varia de pessoa para pessoa, mas não deve ultrapassar 5 mg por noite, cerca de duas horas antes do horário em que você pretende deitar. De acordo com especialistas, os níveis naturais de melatonina atingem seu pico aproximadamente 2 horas antes do início do sono, portanto, reforçar a dose nesse mesmo horário simula a reação fisiológica do corpo. O ideal é começar com 0,5 mg e aumentar aos poucos, de acordo com a necessidade.

Fique atento! Para conseguir a melatonina precisa de receita médica para mandar manipular em farmácias de manipulação. Ainda não tem em farmácias e supermercados no Brasil. O que muito provavelmente acontece é que como a melatonina é uma substância natural, produzida pelo próprio corpo humano, ela não pode ser patenteada. Logo, a indústria farmacêutica além de não ter interesse comercial no produto (substância barata), acaba não arcando com os custos de registro (que são bem caros).

Apesar de ser difícil de comprar, milhares de brasileiros usam a melatonina diariamente, já que é possível comprar a melatonina no exterior em vários países, ou através de sites estrangeiros que entregam aqui no Brasil.

Para auxiliar o processo e garantir uma noite ininterrupta entre os lençóis, apague todas as luzes do quarto (elas inibem a ação do hormônio), desligue o computador e a TV, guarde o celular e cubra aparelhos que ficam acesos ou piscando durante a madrugada. #BrasilRun

Fontes: Boa Forma, Feito de Iridium, Beleza e Saúde

Newsletter

Publicidade