Chama o Doutor Você Sabia?

Enzima CoQ10 pode ajudar atletas e evitar dores. Entenda

CoQ10

Já ouviu falar em enzima CoQ10 ou Ubiquinona? Esse é um antioxidante que nosso corpo produz naturalmente e é usado pelas nossas células para crescimento e manutenção de suas funções. Mas os níveis de CoQ10 podem diminuir com a idade e também são menores nas pessoas com certas condições, como doenças cardíacas. Embora não seja exatamente uma vitamina, a CoQ10 tem propriedades semelhantes pode ajudar em diversas reações no corpo, principalmente na produção de energia, o que passou a torná-la essencial para corredores.

A CoQ10 pode ser encontrada na carne vermelha, peixe e grãos integrais. Mas a quantidade encontrada nessas fontes alimentares, no entanto, não é suficiente para aumentar significativamente os níveis dela. Como suplemento, a CoQ10 está disponível em cápsulas, comprimidos e por via intravenosa e pode ajudar a tratar certas condições cardíacas, bem como enxaquecas e doença de Parkinson.

Alguns estudos mais recentes mostraram que a suplementação com CoQ10 levou a melhora dos sintomas musculares relacionados com o uso dos medicamentos indicados para quem sobre de doenças cardíacas, tais como: dor, fraqueza muscular e cãibras musculares.

Por ajudar a evitar dores musculares, a suplementação de CoQ10 pode de fato aumentar o desempenho no exercício. Atletas testados em pesquisas realmente experimentaram menos fadiga durante o exercício em uma bicicleta e se recuperaram mais rápido entre os exercícios. Além disso, todos os índices de desempenho físico medidos, como o consumo máximo de oxigênio, resistência e recuperação entre as sessões de exercício, melhoraram significativamente.

Procure um epecialista e veja se para o seu tipo de rotina de treino, esse tipo de sulpementação realmente se faz necessária. Nunca se auto-medique de acordo com dicas vistas na internet ou dadas por amigos. Qualquer suplemento ou medicamento pode se tornar muito danoso se utilizado da maneira errada.

Fonte: Everyday Health

Leia aqui também sobre a Melatonina, hormônio do sono que também pode ser suplementado quando necessário.

Newsletter

Publicidade